Por que as latas de lixo são separadas por cor?

Inserido no mundo da reciclagem ou não, todo mundo já se perguntou o porquê de as latas de lixo serem separadas por cor. Pois resumindo bem a resposta, elas servem para identificar e segregar os tipos de resíduos do modo mais simples e fácil possível.


Seja nos parques, metrôs ou praças, o fato é que as lixeiras seletivas se tornaram um grande aliado do meio ambiente. A ideia de posicioná-las em pontos estratégicos das grandes cidades e metrópoles (principalmente), é um modo de inserir o pensamento ecológico e sustentável na vida dos cidadãos.


É bastante comum encontrar depoimentos de pessoas com dúvidas sobre como começar e colaborar com a reciclagem de lixo. Muitos pensam que é difícil e trabalhoso colocar em prática o pensamento sustentável. Ou que os pequenos gestos e ações não são suficientes para fazer a diferença.


Pois aí que está o grande engano.

O que faz a diferença é justamente a união de pequenas ações. No caso da reciclagem a ser desenvolvida com o lixo de casa, o caminho é o mesmo apontado pelas lixeiras coloridas: a separação.


Por que devemos separar o lixo por materia?


A série de vantagens que a reciclagem oferece para o meio ambiente já é de conhecimento público, mas nunca é demais falar sobre. Quando reaproveitamos e damos um novo uso para o que até então é considerado lixo, damos o primeiro passo de um longo e importantíssimo processo.


Conforme aponta artigo publicado pelo Ministério do Meio Ambiente,que destaca a pesquisa Nacional de Saneamento Básico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil recolhe 180 mil toneladas de resíduos POR DIA. O volume gigantesco de lixo gerado em apenas 24 horas por casas e empresas poderia (e pode) ser matéria-prima para diversos usos. A reciclagem do mísero 1% disso já faz uma diferença considerável.


Se isso não for suficiente, há também o fator econômico. Ainda de acordo com o artigo citado acima, ao não praticarmos a separação dos resíduos, causamos um desperdício de R$ 8 bilhões anuais, quantia que poderia ser revertida e aplicada diretamente em benefícios para a sociedade.


Diante de tantos motivos, a reciclagem de resíduos se torna um compromisso a ser assinado por todos. Para tanto, contudo, é preciso dar o primeiro passo. E justamente por isso que a separação do lixo é de suma importância. Ela é o início de todo o processo da reciclagem. Basicamente, sem separação de resíduos, não há reaproveitamento do lixo.


Pense na longa jornada que um material plástico descartado terá até finalmente se tornar matéria-prima adequada para reutilização. A partir do momento que ele é devidamente separado dos demais resíduos orgânicos e de vidro, por exemplo, o trabalho dos catadores já é facilitado. Com isso, o material chega ao devido local sem perda de tempo, esforço e ainda é desviado com sucesso da rota dos aterros sanitários. Ou seja, o impacto ambiental é reduzido drasticamente apenas no primeiro passo.


Portanto, é tudo isso que faz a separação do lixo ser de suma importância. Munido desse pensamento, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) publicou a resolução que define e explica como a coleta seletiva deve ser apresentada por meio de lixeiras coloridas. O intuito é fazer a prática “ser incentivada, facilitada e expandida no país, para reduzir o consumo de matérias-primas, recursos naturais não-renováveis, energia e água”, conforme aponta a própria resolução.


As cores das latas de lixo


A resolução publicada pelo conselho aponta 10 tipos diferentes de resíduos sólidos. Ou seja, são 10 cores, cada uma para uma lixeira. Muita gente pode achar isso estranho, afinal, a maioria dos lugares públicos normalmente apresenta quatro.

A principal função das cores é promover a fácil memorização por parte das pessoas. A codificação por meio de tons diferentes entre si é uma prática já consolidada no cenário internacional, algo que pesou para aplicação no Brasil.

Por agirem no “modo passivo”, as latas de coleta seletiva dependem totalmente da conscientização das pessoas. Quando elas não fazem bom uso das latas de recolhimento, ou então despejam o lixo em qualquer uma, sem se atentarem ao destino mais correto, todo o processo de reciclagem acaba comprometido. E logo no primeiro passo, que é o mais importante, conforme já explicado.

Por isso que é essencial colaborar para a separação do lixo, sobretudo em locais públicos. Com isso, o trabalho dos catadores é facilitado e os resíduos chegam ao destino apropriado mais rápido.



Lata de lixo azul - papel e papelão

A lata de lixo azul é uma das quatro mais comuns e fáceis de serem encontradas. Não há uma razão específica para isso, mas dá pra ter uma noção básica. Afinal, a maioria dos resíduos gerados diariamente são feitas do material, como folhas de papel, guardanapo, panfletos, etc.

Lata de lixo vermelha - plástico

Os materiais plásticos também estão nos descartes mais comuns das grandes cidades e metrópoles. Quem nunca se viu com uma garrafa vazia na mão ou copo de plástico? Pois nesses casos, a lata de lixo vermelha deve ser o destino.

Lata de lixo verde - vidro

Quando em casa, já nos acostumamos a separar os resíduos de vidros para não ferir quem for manuseá-los. Pois imagine estar na pele das pessoas que esvaziam as lixeiras seletivas e encontrar vidros fora da lixeira correta.

Lata de lixo amarela - metal

Pode não parecer tão comum quanto as anteriores, mas a lata de lixo amarela, correspondente a todo tipo de metal, tem sua importância. Ela deve ser o destino das latinhas de cerveja e refrigerante, além dos objetos feitos de ferro, alumínio e aço.

Confira abaixo as demais latas:

PRETO: madeira LARANJA: resíduos perigosos BRANCO: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde ROXO: resíduos radioativos MARROM: resíduos orgânicos CINZA: resíduo geral não reciclável ou misturado, ou contaminado não passível de separação.

5,578 visualizações

KOLETA RJ

Telefone SAC: (21) 3278-9300

Whatsapp: (21) 96504-3096

sacrj@koleta.com.br

Av. Pastor Martin Luther King Júnior, 8745 Colégio, Rio de Janeiro - RJ

KOLETA SP

Telefone SAC: (11) 2065-3500

Whatsapp: (11) 95973-5511

sacsp@koleta.com.br

Avenida Gonçalo Madeira, 300

Jaguaré, São Paulo - SP

SIGA A KOLETA!

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social
Código_de_Conduta_GRI_Capa.jpg
Política Anticorrupção_GRI_ Capa.jpg
klj.PNG.png

© 2019 - Koleta Ambiental  |  Todos os direitos reservados